18 dez 2002 - 8h46

Opinião : “nova fórmula, nova mentalidade”

Brasileirão em oito meses, pontos corridos e quem fizer mais, obviamente, é campeão. Simples, claro, sem o já tradicional casuísmo em vista. Aliás, casuísmo que faz com que no 33º Campeonato Brasileiro de Futebol, tenhamos a 33ª fórmula de disputa diferente!

O Atlético deve, o quanto antes definir o treinador e a base do elenco. Além de um time forte, precisaremos de um elenco forte. Ter cerca de 18 jogadores prontos pra entrar e resolver e parada. Perder pontos, principalmente em casa, para depois recuperá-los, não será mais possível. Toda partida será decisiva.

E para os torcedores que insistem em dizer que o sistema de “play-offs” é o mais emocionante, basta lembrar a última rodada do Brasileiro deste ano. Praticamente todos os jogos decidiam vagas, posicionamento melhor na tabela de classificação ou a permanência na Primeira Divisão.

E com um campeonato longo, o Atlético poderá parcelar em mais vezes o carnê de ingressos antecipados, facilitando a vida do torcedor. Mais emoções à vista torcedor atleticano.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…