14 jan 2003 - 21h15

Atlético inicia a temporada 2003 contra o Joinville

O início da temporada 2003 do Atlético tem data marcada. O rubro-negro entra em campo nesta quarta-feira, dia 15, para enfrentar o Joinville em um jogo-treino na Arena. O confronto é a primeira oportunidade do técnico Heriberto da Cunha observar o elenco disponível para disputar as três competições agendada para o ano – Campeonato Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Depois de 12 dias de pré-temporada, o treinador atleticano escalou o que deve ser a base rubro-negra. Algumas são as mudanças em relação ao time que encerrou a edição passada do Campeonato Brasileiro, última competição disputada pelo Atlético. Nomes ainda desconhecidos como o do goleiro Cleber e o do lateral esquerdo Ivan fazem parte do grupo titular.

Mesmo com a proximidade da estréia atleticana no Campeonato Paranaense, Heriberto da Cunha afirma que falta muito trabalho para montar a equipe ideal. Além de reforços, os jogadores precisa de entrosamento e conjunto.

“O trabalho está em um ponto razoável. Com os 12 dias de pré-temporada, nós conseguimos formar uma base. O Atlético sofreu uma grande renovação e vai precisar de tempo”, explicou o treinador.

No jogo-treino contra os catarinenses, Heriberto da Cunha pretende testar todos os atletas do elenco. Na primeira metade da movimentação, o Atlético será formado pelos jogadores Cleber, David, Gustavo, Igor, Ivan, Douglas Silva, Cocito, Adriano, Fabrício, Jadilson e Ilan. No restante do confronto, muitas substituições estão previstas.



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…