21 jan 2003 - 14h55

Atleticano sangue bom

O sangue forte do torcedor atleticano, cantado em prosa e verso no Hino do Clube, vai ajudar a salvar milhares de vidas. A Furacao.com, numa parceria inédita com o Hemepar e com o Atlético Paranaense, lança a Campanha Atleticano Sangue Bom. O objetivo é aumentar significativamente o número de doadores de sangue em Curitiba.

Para isso, basta ir até o Hemepar, localizado na Travessa João Prosdócimo, 145, nos fundos do Hospital Osvaldo Cruz, com a camisa do Atlético, cadastrar-se, fazer os exames de rotina e dizer que é um Atleticano Sangue Bom!

Qualquer pessoa saudável, de 18 a 60 anos, com mais de 50 kg, que tenha alimentado-se corretamente, não ingerido bebidas alcoólicas menos de 12 horas antes da doação pode participar da campanha. Quem estiver com gripe ou febre, em estado de gravidez ou amamentação, tendo feito cirurgia de grande porte há menos de 6 meses ou ter comportamento de risco em relação à AIDS, não pode doar!

Qualquer dúvida pode ser esclarecida no site do Hemepar

Lembre-se que este simples ato humano pode salvar até quatro pessoas. Vamos mostrar a força de nossa torcida e o tamanho de nosso coração.

Seja você também um Atleticano Sangue Bom!



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…