11 fev 2003 - 18h51

PARA FAZER O GALO CANTAR

Quem foi que disse que uma derrota em Atletiba desanima? Muito pelo contrário. Ela serve para que os erros sejam corrigidos e faça com que os jogadores levantem a cabeça para a disputa da competição.

E é com correção e força de vontade que o rubro-negro joga nesta quarta-feira contra o Grêmio Maringá na Baixada. Com 7 pontos no Paranaense, o Furacão tem de vencer para permanecer no grupo dos 8 classificados para a próxima fase. O Galo está na 12º colocação com 5 pontos. Até agora a equipe do interior não perdeu e não venceu nenhuma: empatou todos os cinco jogos

O Grêmio vem a Curitiba com três alterações em relação ao último confronto (0x0 contra o Paraná Clube): Josemar entra no lugar de Moreira, na zaga e Lelo e Leonel saem para as voltas de Marco Antônio e Fábio Gomes, que cumpriram suspensão.

No Atlético as novidades são a estréia do goleiro Diego, a entrada de Ivan na lateral esquerda, já que Jean está contundido, e Willian no lugar de Kleberson, que está na Seleção. A dupla de ataque continua sendo formada por Dagoberto e Ilan. No meio campo, a principal figura do Atlético em 2003 vai estar em ação: Adriano promete continuar fazendo bonito.

A partida começa às 20h30 na Arena da Baixada e terá transmissão pela internet da Capital Play Fm.

ATLÉTICO x GRÊMIO MARINGÁ

Data: 12/02/2003
Horário: 20h30
Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Marcos Tadeu Mafra

Atlético: Diego, Alessandro, Igor, Rogério Correa e Ivan; Cocito, William, Fabrício e Adriano; Ilan e Dagoberto
Técnico: Heriberto da Cunha

Grêmio: Rondinelli; Boré, Josemar, Dezinho e Souza; Fábio Gomes, Marco Antonio, Leonardo e Gérson Lentes; Osni e Val Baiano
Técnico: Pinho



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…