15 fev 2003 - 18h55

Ilan perdeu pênalti, mas se redimiu com golaço

O atacante Ilan passsou do inferno ao céu em apenas poucos minutos. No primeiro tempo do jogo deste sábado, contra a Portuguesa Londrinense, Ilan bateu mal um pênalti e o goleiro Claudinei fez a defesa.

Como o goleiro Diego foi expulso alguns minutos depois, Ilan poderia ter se tornado o grande vilão do jogo. Poderia. Quis o destino que o atacante fosse transformado no herói da partida.

No segundo tempo, aos 15 minutos, ele fez uma jogada linda, digna dos maiores craques da história. Driblou quatro adversários e deu um toque sutil para o gol, garantindo a vitória.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…