21 mar 2003 - 15h17

Goleiro Diego reconhece erro

O goleiro Diego já sentiu a forte pressão da torcida atleticana. Após a saída repentina e contra a vontade da torcida de um dos últimos ídolos da torcida atleticana, o goleiro Flávio, que ganhou nada menos que 8 títulos pelo Furacão, Diego veio do Juventude como a grande contratação do time para 2003.

Tendo sido eleito pela Revista Placar como o melhor goleiro do ano passado, venceu o cobiçado Troféu Bola de Prata da Revista pelo bom desempenho da equipe caxiense no Brasileiro 2002. Credenciais não faltavam ao jovem e simpático goleiro.

Porém no Furacão as coisas estão complicadas. Diego estreou na derrota em casa para a equipe do Grêmio Maringá, tendo feito um pênalti numa jogada boba. Na partida seguinte foi expulso e a bronca da torcida ficou por conta do 3º gol do Sport Recife, quando Diego “bateu roupa” numa cobrança de falta, com a bola sobrando limpa para Valdir Papel marcar.

“Eles têm todo o direito de chiar. Afinal, o jogador é pago para fazer o melhor e, infelizmente, acabei falhando naquele lance”, disse o goleiro, que ainda comentou que “Assim como fui vaiado, na quarta-feira, posso vir a ser aplaudido nos jogos que teremos pela frente. Basta trabalhar para evitar que novos erros sejam cometidos”. Humildade de quem sonha em ser ídolo da torcida atleticana.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Obrigado, Alberto!

Alguns vão julgar, “Cedo demais”… Mas para mim, já Deu!!!! Alberto Valentim: O LATERAL DIREITO, jamais será esquecido e estará entre os maiores camisas 2…