22 mar 2003 - 9h58

Resumo dos jornais deste sábado

Tabu agrava situação do Rubro-Negro
Em oito jogos disputados na casa do Leão, o time da Baixada empatou quatro vezes e perdeu a outra metade. Na quarta-feira, a equipe treinada por Vadão precisa – além de quebrar esse seqüência – marcar dois gols a mais que o adversário (ou repetir o placar de Curitiba e levar a decisão para os pênaltis ou ganhar por 3 a 4, 4 a 5…).(Leia mais).

 

Vadão aposta na “mística” para levar a vaga na Copa
Se o Atlético precisa quebrar o tabu de nunca ter vencido na Ilha do Retiro e, pelo menos, fazer dois gols para se classificar, chame o técnico Osvaldo Alvarez. O treinador rubro-negro vem se especializando em reverter vantagens do adversário e aposta em sua mística para motivar o grupo de jogadores após perder em casa e dar a vantagem para o Sport. Além de tentar fazer a cabeça dos atletas para que voltem a mostrar um bom futebol, Vadão deverá alterar o sistema tático para o 4-4-2 e empurrar o time para cima do Leão do Norte.(Leia mais).

 

Vadão deve mudar Furacão
O técnico do Atlético Paranaense, Vadão, admitiu nesta sexta que vai trocar algumas peças do time para tentar inverter a vantagem do Sport. Os pernambucanos venceram o primeiro jogo na Arena por 3 a 2 e podem perder até por 2 a 1 no jogo de volta, na próxima quarta-feira, na Ilha do Retiro, pela Copa do Brasil.(Leia mais).

 

Vadão: um especialista em quebrar tabus
Em 13 anos de carreira, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, virou um especialista em quebrar tabus e escritas no futebol. “Tabu é comigo mesmo”, afirma. Por isso mesmo, ele não se assusta com o fato do Atlético nunca ter vencido o Sport em Recife. O Furacão precisa ganhar por dois gols de diferença ou por um placar superior a 4 a 3 (5 a 4, 6 a 5, etc) na próxima quarta-feira para continuar na Copa do Brasil.(Leia mais).

 

Vadão treina a pontaria e pode mudar o Atlético
Depois da péssima apresentação na partida contra o Sport, na qual perdeu por 3 a 2 na Arena da Baixada, o Atlético deve mudar de jogadores e de atitudes para seguir em frente na Copa do Brasil. Quem dá a pista é o técnico Vadão, que pode mudar a equipe para a segunda partida com o Sport, desta vez no Recife.(Leia mais).

 

Atlético-PR enfrenta o Sport para quebrar tabu na Ilha
O Atlético terá uma difícil missão na partida de volta contra o Sport pela Copa do Brasil. Com a derrota em Curitiba pelo placar de 3 a 2, o Furacão se encontra na obrigação de vencer a equipe pernambucana, dentro do seu estádio, pela diferença de dois gols. Caso a partida termine com o mesmo placar do primeiro jogo, mas a favor do rubro-negro paranaense, a disputa da vaga será através de cobranças de pênaltis. Outro resultado superior (leia-se 4 a 3 ou 5 a 4) classifica o Atlético Paranaense para as oitavas-de-final da competição.(Leia mais).

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…