24 mar 2003 - 21h45

ELES SÃO A ESPERANÇA

A necessidade da vitória na partida de volta contra o Sport pela Copa do Brasil fez o técnico Vadão abandonar o esquema 3-5-2 e adotar uma postura mais ofensiva. Diante da missão de marcar dois gols de diferença para garantir a vaga nas oitavas-de-final da competição, o Atlético atuará no 4-4-2.

“Nós vamos jogar no esquema 4-4-2, eliminando o ala e colocando um homem a mais no meio campo. Os laterais terão a responsabilidade de apoiar nunca esquecendo de ajudar na marcação”, explicou Vadão.

Quem perde a vaga de titular com a mudança do esquema tático é o zagueiro Daniel. Porém, o treinador atleticano está na dúvida entre o volante Leomar e meia Rodrigo para preencher a última vaga no setor de meio campo. A tendência é que Rodrigo ganhe a oportunidade deixando a equipe mais ofensiva. Independente do substituto, Vadão quer um time onde todos os atletas marquem.

“O esquema está definido, porém resta a dúvida no meio campo entre Leomar e Rodrigo. Eu quero toda a equipe atacando quando estiver de posse da bola e aglutinada no meio campo marcando quando o adversário estiver no ataque”, disse o técnico.

Nas cinco partidas comandadas por Vadão na atual temporada (duas no Campeonato Estadual e três na Copa do Brasil), o jogo diante do rubro-negro pernambucano será a primeira no esquema 4-4-2.

A equipe do Atlético deve ser formada por Diego, Alessandro, Rogério Corrêa, Igor, Ivan, Cocito, Rodrigo (Leomar), Fabricio, Adriano, Dagoberto e Ilan.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético



Últimas Notícias

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…