2 maio 2003 - 13h57

Opinião: “A volta por cima”

Quem sabe amanhã não seja o início da volta por cima, ou o início da afirmação do rubro-negro neste campeonato? Com uma postura um tanto defensiva, diria que Vadão está precavido, tendo em vista a força do Cruzeiro no Mineirão e, atualmente, também fora de Minas, com o ataque artilheiro deste ano.

Juliano deve ganhar a confiança ao lado do experiente Capone, que se jogar o que sabe, pode firmar a zaga para a continuidade do brasileiro. Se Leomar jogar a apoiar um pouco, ou bem mais, fortalecerá o ataque dando mais liberdade ao ataque, que deve ser mais ousado, tirando proveito da atuação soberba do segundo tempo contra o Criciúma.

Há quem diga que o empate em Minas pode ser considerado como vitória. Concordo até certo ponto, mas também acho que trazer para Curitiba três pontos na bagagem não é missão impossível, ainda mais se o adversário seguir o conselho da mídia nacional e considerar que é favorito.

Por isso e pelas circunstâncias do jogo, é preciso que se jogue com inteligência! Assim como todo bom atleticano, espero e tenho confiança que sábado, a partir das 18:00 horas, a casa da raposa “cai”.

Rogério Andrade
colunas@furacao.com



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…