3 maio 2003 - 13h59

Resumo dos jornais deste sábado

Rubro-Negro encara o “bicho-papão” Cruzeiro – Além de retomar o esquema 3–5–2, o técnico arma (na ausência de Adriano) um meio-de-campo com três volantes (Leomar, Luciano Santos e Kléberson). “Queremos impedir as jogadas pela direita com o Deivid e as subidas do Maurinho. Mas no caso do Alex, não haverá uma marcação especial”, adiantou, sem convencer.(Leia mais).

 

Cruzeiro recebe Atlético-PR no Mineirão – Motivados pela vitória de virada em cima do Criciúma, alguns jogadores do Atlético-PR não entendem o porquê do descrédito da torcida, que vem hostilizando os jogadores nas partidas na Arena da Baixada. O zagueiro Capone, que estréia contra o Cruzeiro, foi um dos atletas que criticou o comportamento da torcida atleticana.(Leia mais).

 

Atlético enfrenta o último invicto – “Temos que fazer bom uso da tranquilidade que aquela vitória nos trouxe para a gente poder vencer de novo”, pregou o atacante Ilan. Embora fale respeitosamente em vitória no Mineirão, o time rubro-negro sabe que, no fundo no fundo, um empate já será considerado bom resultado.(Leia mais).

 

Cauteloso, Furacão encara a Raposa – O Atlético joga hoje à noite, a partir das 18 horas, em Belo Horizonte, contra o Cruzeiro. O jogo seria difícil de qualquer maneira, mas o time mineiro ainda está motivado pela conquista da marca de 30 partidas consecutivas sem derrotas.(Leia mais).

 

Atlético-PR tenta quebrar invencibilidade da Raposa – A confiança na vitória sobre a Raposa parece ter aumentado, após o time quebrar na última rodada, uma seqüência de quatro jogos sem vitória. “A vitória sempre dá alegria e mais tranqüilidade para trabalharmos durante a semana”, disse o atacante Ilan que reconheceu que o time esteve mal no primeiro tempo contra o Criciúma e teve forças para virar o placar na etapa complementar.(Leia mais).

 


Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…