8 maio 2003 - 8h05

Resumo dos jornais desta quinta-feira

Vadão pode escalar três atacantes com Washington
A velha máxima de que os melhores devem ser encaixados no time deverá acontecer no Atlético. Com isso, a dança dos esquemas táticos no time de Osvaldo Alvarez não vai se limitar ao 4-4-2 e ao 3-5-2. Com a contratação do atacante Washington, o treinador já projeta o acréscimo de uma nova “numerologia” para poder usar o artilheiro. O clássico e ofensivo 4-3-3 será mais uma forma de o rubro-negro atuar no campeonato brasileiro. Tudo para que Vadão não tenha que descartar Ilan ou Dagoberto, que voltaram a se destacar nas últimas apresentações e são os artilheiros do time na temporada. (Leia mais).

 

Diego quer “dia ideal” no Atlético
Um dos jogadores mais criticados do Atlético, Diego está prestes a viver um dia perfeito no clube. No domingo, além de comemorar o aniversário de 24 anos, o camisa 1 rubro-negro vai receber o prêmio Bola de Prata (como o melhor da posição no Brasileiro de 2002) durante uma solenidade em São Paulo. Para o Dia das Mães ser mesmo irretocável, resta apenas vencer o Juventude – equipe que o revelou – na Arena. (Leia mais).

 

Zaga é dúvida para Vadão
O Atlético-PR vai voltar ao 4-4-2 na partida contra o Juventude, neste domingo, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o técnico Osvaldo Alvarez testou a dupla de zaga com Capone e Rogério Corrêa, que voltou de suspensão. Outro que retorna é o meia Adriano, que também estava suspenso. (Leia mais).

 

Vadão atacará agora os problemas da defesa
Solucionado o problema no ataque com a chegada de Washington e a marcação de sete gols nos dois últimos jogos, o Atlético passa a se preocupar agora com a outra ponta da escalação. Em sete rodadas no Brasileirão, a defesa sofreu 14 gols (média de dois por jogo) e virou a principal responsável pelos altos e baixos do Furacão. (Leia mais).

 

Vadão escala Rogério Corrêa e Capone na zaga
No primeiro treinamento coletivo da semana, o técnico Vadão começou a dirimir as dúvidas sobre quais os jogadores que devem ser escalados como titulares na zaga atleticana. Se depender da primeira opção testada pelo técnico, Rogério Corrêa e Capone deverão ser os titulares. (Leia mais).

 

Vadão forma nova zaga rubra
O técnico Vadão, do Atlético, que não culpou o sistema defensivo da equipe por sofrer cinco gols no Mineirão, na derrota de 5 a 2 para o Cruzeiro, na última rodada, atribuindo o fato aos erros individuais dos jogadores, demonstrou ontem que ainda têm dúvidas na melhor formação para a zaga. O treinador atleticano testou ontem, no primeiro coletivo da semana, a dupla Rogério Corrêa e Capone para o jogo do próximo domingo contra o Juventude, na Arena da Baixada. E o teste parece ter agradado ao técnico. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…