9 maio 2003 - 22h35

Atleticano se revolta com jornalista gaúcho

O torcedor atleticano Cláudio Ricardo Neves Schuster escreveu à Furacao.com para reclamar do jornalista gaúcho Paulo Mesquita, que trabalha na Rádio Bandeirantes AM, de Porto Alegre. Segundo Schuster, o comentarista foi extremamente mal-educado com relação ao Atlético no programa Apito Final do último dia 8, desqualificando o clube e sua estrutura.

O atleticano, que reside em Novo Hamburgo, estava ouvindo a rádio para saber da opinião da imprensa gaúcha sobre o confronto entre Atlético e Juventude, marcado para este domingo em Curitiba.

Segundo Schuster, que é publicitário, Paulo Mesquita falou especialmente mal da Arena da Baixada. Começou afirmando que não se trata de um estádio, mas sim de um campo; depois, disse que era um supermercado que continha um campo. Criticou ainda o fato de o estádio não estar terminado e de possuir um fosso, algo que, de acordo com Mesquista, seria incompatível com um estádio moderno.

Por fim, afirmou que o Alfredo Jaconi, de propriedade do Juventude, é melhor que o Joaquim Américo (!), o que é uma opinião inédita e não deixa de ser criativa.

Schuster já mandou sua reclamação para a Rádio Band AM e conclamou a torcida rubro-negra a fazer o mesmo, através dos e-mails apitofinal@bandrs.com.br, ribeironeto@bandrs.com.br e raul@bandrs.com.br (chefes da equipe esportiva).



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…