11 maio 2003 - 10h08

Resumo dos jornais deste domingo

Atlético e Diego jogam pela recuperação
O goleiro Diego viverá um domingo especial, cheio de comemorações. Dia das mães, aniversário de 24 anos e festa pela conquista do prêmio Bola de Prata estão na agenda de um dos jogadores que vêm conquistando a arquibancada com seu jeito de ser e carinho com que trata os torcedores atleticanos. Mas, para a festa ficar completa e acima de tudo, o que ele mais quer nesse 11 de maio é que o time volte a vencer no campeonato brasileiro e comece a engrenar na competição. Por coincidência, a parada será contra o Juventude, clube que o projetou no cenário nacional. A partida está programada para as 16 horas, na Arena. (Leia mais).

 

Atlético busca equilíbrio
Na numerologia, cinco é o número da instabilidade, da irregularidade. No Atlético do Campeonato Brasileiro, também. Há duas semanas, o Rubro-Negro goleou o Criciúma por 5 a 2, na Arena, após sair perdendo por 2 a 0, em uma das maiores viradas da história recente do clube. Seis dias depois, a equipe voltava a campo, dessa vez, para perder por 5 a 2 para o Cruzeiro. (Leia mais).

 

Presente de aniversário
Este domingo é especial para o goleiro Diego, do Atlético-PR. Ele completa 24 anos e enfrenta pela primeira vez seu ex-clube, o Juventude, às 16h, na Arena da Baixada. (Leia mais).

 

Vadão define nova dupla de zaga
O maior problema do Atlético neste Brasileirão tem sido a defesa. O time só não tomou gol na estréia, contra o Grêmio, e já deixou a bola bater em suas redes por 14 vezes, média de duas a cada jogo. A correção das falhas defensivas, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, espera estar começando hoje, na partida contra o Juventude, às 16 horas, na Arena da Baixada. Neste jogo estará estreando a nova dupla de zaga, formada por Capone e Rogério Corrêa, que nunca antes jogaram juntos. (Leia mais).

 

Atlético-PR busca a reabilitação em casa
Pressionados pelos torcedores, Atlético-PR e Juventude se enfrentam hoje, a partir das 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba. A defesa atleticana é a maior preocupação do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão. O time já sofreu 14 gols em sete jogos. No meio-campo, o time terá a volta de Adriano. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…