19 maio 2003 - 12h01

Opinião: “Cautela adequada”

O amigo e colunista Rogério Andrade escreveu sobre a ausência de ousadia do Atlético no jogo de domingo, contra o Internacional. Segundo ele, o time “deixou de ganhar” por não ter buscado a vitória e ter se contentado com o empate. Peço licença para discordar, com todo o respeito.

O sentido geral de seu texto era de que o Atlético deveria ter partido para cima do Inter em busca dos três pontos e não permanecido jogando nos contra-ataques.

Imediatamente, recordei-me do jogo contra o Cruzeiro. Se não era igual, a situação era muito parecida. Estávamos empatando fora de casa contra um dos líderes da competição nos dois casos. Contra o Cruzeiro, no entanto, Vadão optou por sacar jogadores defensivos e aumentou o número de atacantes, apostando na vitória.

Foi imensamente criticado por essa postura. Reclamaram que ele deveria ter garantido o empate, afinal todo mundo sabia que o Cruzeiro era o líder e um empate fora de casa era um ótimo resultado.

Pois bem, ontem Vadão fez exatamente o que haviam lhe reclamado no jogo do Internacional: foi cauteloso, trocou os atacantes por outros atacantes e manteve o mesmo esquema de jogo. E então, eu pergunto: se ele tivesse arriscado e nós tivéssemos sofrido a virada, quais seriam os comentários?

Muito provavelmente, o técnico seria criticado por ter desperdiçado um empate contra o Inter, afinal empatar fora de casa com o vice-líder do campeonato teria sido um ótimo resultado.

Não quero dizer com isso que me contento com as posições intermediárias. Apenas acho que em alguns jogos temos de ser mais cautelosos do que em outros. Ontem era dia para ficar satisfeito com o empate, por várias razões: pelas circustâncias da partida (fomos pressionados em váriso momentos), pela importância de não ficar muito atrás na classificação e, principalmente, para não desmotivar time e torcida para o jogo contra o Flamengo.

Marçal Justen Neto
colunas@furacao.com



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…