30 maio 2003 - 5h56

Dessa vez vai, né Vadão?

O time do Atlético embarca às 11h10 para o Rio de Janeiro na esperança de conquistar a primeira vitória fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Até agora o Furacão jogou cinco vezes longe da Baixada: foram 3 derrotas (Paraná Clube, Fortaleza e Cruzeiro) e 2 empates (Figueirense e Internacional). E para acabar com esse jejum o técnico Vadão vai colocar em campo, contra o Fluminense, uma equipe bastante ofensiva, praticamente aquela que goleou o Flamengo por 4-1, no fim de semana passado. As únicas alterações vão ser as entradas de Igor, no lugar de Capone, e Fabrício, no meio, na posição de Adriano.

De acordo com o treinador atleticano, o time está encontrando o ponto de equilíbrio na competição: “A vitória contra o Fluminense seria importante para compensar a derrota para o Atlético Mineiro em casa. O time que almeja algo precisa conquistar pontos fora também. O aproveitamento na Arena está ótimo, agora falta melhorar na casa do adversário”, confirmou Vadão.

Ilan

O herói da goleada sobre o Flamengo trocou os gramados pela pista de automobilismo. Ilan foi a surpresa nos treinos livres da 2º etapa da Fórmula Renault Brasil. Ele foi conhecer um pouco sobre a categoria e teve a oportunidade de andar ao lado do piloto curitibano Tarso Marques. Ilan retribuiu o convite com uma camisa do Furacão.

O atacante deu cinco voltas e chegou a velocidade de 225 km/h: “A emoção foi grande e a experiência foi muito boa. Não vou esquecer nunca. No início, tive um pouco de medo, principalmente na curva. A freada é muito forte”, afirmou Ilan.



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…