O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
8 jun 2003 - 11h01

Principal e Sub-20

O Furacão está sobrando! Três convocados para a Seleção Brasileira Principal e três para a Sub 20. Motivo de imenso orgulho para os Paranaenses, pois isso jamais aconteceu na história do futebol do Paraná.

Entretanto, as notícias que ouvimos fora do Paraná, como de praxe – comandadas pela tendenciosa imprensa paulista e carioca, donos dos microfones mais ouvidos Brasil afora – é uma tremenda demonstração de desconhecimento (ainda…) com fortes pontadas de dor na junção entre braço e antebraço, mais conhecida como cotovelo.

Juca Kfouri disse que entende a chamada de Kleberson, que “reencontrou seu futebol e merece ser chamado pelo que fez na conquista do penta”. Adriano, segundo ele, é um “jogador experiente” (só isso “seu” Juca?, você está por fora !…). Mas disse que não entende a convocação de Ilan, pois haveria muitos a serem chamados antes dele. Mais uma imbecilidade, se me permitem meus amigos rubro-negros.

Pare de falar bobagens, “seu” Juca. Conforme depoimento do Vadão à imprensa, defendendo as convocações de nossos craques, “o Ilan é o vice-artilheiro do Brasileiro (dez gols). Ele ficou fora dois jogos, contundido, e contra o Juventude saiu no intervalo. Então, se considerarmos que o Ilan jogou oito partidas e marcou dez gols, a média dele é ótima.”

Juca Kfouri disse ainda, em seu programa noturno na CBN, na data da convocação, que a explicação para a chamada de Ilan teria sido o bom relacionamento do Atlético com a CBF, para valorizar seu passe, segundo um repórter italiano. Pois tomara que, além do futebol que o Ilan vem jogando, seja mesmo esse o motivo. Ao menos essa relação tende a ser insuspeita, contratriando as deterioradas e expúrias relações dos cartolas cariocas (e paulistas, de quebra…) com a CBF.

Juca disse, ainda, como se não bastasse tanta escória jogada no microfone, que a Copa não teria grande importância para o Brasil, pois diversas potências do futebol não estão “ligando” para ela e que será um grande prejuízo para os times brasileiros, contrariamente ao que ocorrerá na Europa, onde os principais campeonatos estarão findos. Ora, Juca, outra bobagem: primeiro porque se trata de um campeonato internacional. E, segundo, se um dos jogadores da seleção for adquirido pelo futebol europeu pelos costumeiros milhões de dólares que aportam no país, por conta dessa copa? Que prejuízo o(s) vendedor(es) teria(m)? Como podem as potências não ligar para um campeonato organizado pela Fifa – entidade maior do futebol mundial – que conta pontos para o ranking internacional, paga bons prêmios de participação e classificação e, ainda por cima, auxilia as seleções a adquirirem experiência (no caso de novos elencos) e ritmo de jogo?

Sinceramente, estou revendo o bom conceito que tinha desse jornalista, pois, como tantos outros, não está isento de ataque de paralisia cerebral. Ora, se Diegos e Robinhos, que merecem nosso respeito, não puderam ser convocados; sorte nossa… Achei ótimo e torço para que nossos atletas, e sobretudo nosso Furacão, sejam ainda mais reconhecidos como verdadeiras forças do futebol pentacampeão.

Em tempo: a convocação dos três Sub 20 mostram ao mundo que trabalho sério, dedicação e competência geram ótimos frutos – desde já colhidos – mas que serão ainda muito saboreados. Festa (e mais dor de cotovelo) à vista!

Saudações mais rubro-negras do que nunca.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…