10 jun 2003 - 10h25

Resumo dos jornais desta terça-feira

Sem vários titulares, Vadão começa o mistério
O Atlético irá lançar mão de uma velha arma do futebol para tentar bater o maior rival no clássico de sábado: o mistério. Sem a presença de quatro jogadores titulares e um reserva imediato, o técnico Osvaldo Alvarez terá que quebrar a cabeça para montar o setor de criatividade e o ataque de sua equipe e ainda tentar enganar o adversário na partida de sábado. Para tanto, treinos secretos e mudanças na escalação de última hora deverão estar em alta nesta semana de treinamentos no CT do Caju. (Leia mais).

 

Rubro-Negro promete mistério
Diego; Alessandro, Capone, Rogério e Ivan; Luciano Santos, Leomar, Rodrigo… Daí para frente, qualquer nome não passa de especulação no Atlético. Na semana do Atletiba, o Rubro-Negro tornou-se um quebra-cabeça. E o mistério tende a aumentar. (Leia mais).

 

Atlético-PR jogará desfalcado no clássico
Além de Kléberson, Adriano e Ilan, na Seleção, Dagoberto levou o terceiro cartão amarelo (Leia mais).

 

Vadão isenta Dagoberto de culpa pelo cartão amarelo
O técnico Vadão isentou Dagoberto de culpa por ter recebido o terceiro cartão amarelo no jogo contra a Ponte Preta. O atacante deu um carrinho no campo de defesa do adversário, quando o Atlético já vencia o confronto, e por causa da punição ficou fora do clássico Atletiba do sábado que vem. (Leia mais).

 

Rivais vão motivados para o clássico
Depois das vitórias na rodada de domingo, os jogadores do Atlético Paranaense e do Coritiba só pensam em uma coisa: o clássico entre as duas equipes sábado, no Couto Pereira. Enquanto o Coritiba tem a chance de se manter na quarta colocação e até subir uma posição na tabela do Campeonato Brasileiro, o Atlético também tem sua motivação extra: uma vitória faz com que o Rubro-Negro ultrapasse no saldo de gols o seu rival mais tradicional. (Leia mais).

 

Vadão tenta “remontar”, o Atlético
Depois de vencer a Ponte Preta, no último domingo e assumir a 11ª colocação no Brasileiro – está a um ponto de alcançar o grupo dos oito melhores – o Atlético se “desmontou”. E pior, em uma semana que antecede o jogo contra o principal rival: o Coritiba. Para o Atletiba do próximo domingo, no Couto Pereira, o técnico atleticano, Oswaldo Alvarez terá que “remontar” o time que cedeu três jogadores para a Seleção Brasileira – Kléberson, Adriano e Ilan – e ainda perdeu o atacante Dagoberto que levou o terceiro amarelo contra a Macaca. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…