15 jun 2003 - 10h51

Opinião: “Justo, muito justo”

Caros amigos atleticanos: o que mais se espera de um time que entra em campo com medo do jogo? Qual foi o objetivo sincero de todo o mistério e todo o suspense criado durante a semana?

Tudo isso para colocar “panos quentes” na merecida vitória do Coritiba no clássico do Couto Pereira. O Atlético perdeu porque tropeçou nas próprias pernas, encontrou no gramado uma bola quadrada, e maltratou sua torcida do início ao fim da partida.

Ontem foi o dia em que saímos do estádio, e na volta para casa não há sinais de revolta, mas feridas maiores por saber que perdemos para nós mesmos, antes de perdermos para o adversário.

É hora de parar de encontrar justificativas, como Vadão ao final do jogo, dizendo que o árbitro Luciano Almeida pecou no aspecto disciplinar. Equivocou- se o nosso professor, pois Luciano foi perfeito, deixando o clássico bem longe de possíveis “lambanças”.

Acho que o Atlético perdeu o Atletiba em todos os aspectos, e não quero fazer análises dos jogadores, seria muita crueldade. A imagem que fica é a de Alessandro, provando que a equipe está desarrumada. Fez uma falta grosseira no jogador adversário, passível de expulsão imediata, a qual o árbitro deixou barato. Mas Alessandro não. Mais uma vez mostrou seu desequilíbrio. Deve ter pensado: eu, jogar contra o Santos? Tô fora!!!

É hora de reconhecer os erros e procurar maneiras de confortar o torcedor, mas outra apunhalada está por vir: quem quiser ver Dagoberto e cia. jogar contra o Santos, terá que desembolsar R$ 20,00. São os custos da seleção sub-20, que chegam em um momento muito impróprio, e que nós, atleticanos, em um gesto de patriotismo, devemos ajudar.

É mole? Ou quer mais…

Rogério Andrade
Colunista da Furacao.com
colunas@furacao.com



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Obrigado, Alberto!

Alguns vão julgar, “Cedo demais”… Mas para mim, já Deu!!!! Alberto Valentim: O LATERAL DIREITO, jamais será esquecido e estará entre os maiores camisas 2…