16 jun 2003 - 19h46

Colunistas: Patricia Bahr analisa o time

A jornalista Patricia Bahr analisa o time do Atlético na derrota contra o Coritiba e faz um parâmetro com o passado rubro-negro:

“Talvez, nos tempos das vacas magras, muito mais interessados em seus carrões importados e nas festas mais badaladas da cidade, nossos jogadores estavam centrados em fazer do Atlético o melhor time do planeta. Eles não eram funcionários do clube (que trabalham durante a semana e recebem no final do mês). Os jogadores eram, acima de tudo, torcedores do Atlético. Por isso, a identificação do time com a torcida, que a cada dia crescia mais e mais e levava a fama de fanática.”

Clique aqui para ler o texto na íntegra.



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…