5 jul 2003 - 18h47

Geninho está ameaçado de demissão

Diretores e conselheiros do Corinthians estão descontentes com o técnico Geninho por causa de suas declarações à imprensa e acreditam que, se ele não mudar de comportamento, irá criar a qualquer momento uma situação insustentável. Por enquanto, os dirigentes evitam falar sobre o assunto publicamente.

Nos bastidores, os dirigentes culpam o técnico por ter criado um clima tenso na última semana, apesar da vitória sobre o Fluminense, no domingo passado. Primeiro, ele disse que o lateral Fininho sentiu a pressão de jogar pela primeira vez no Pacaembu, diante da torcida corintiana.

Na terça-feira, o jogador desmentiu o técnico e, veladamente, a diretoria o acusou de queimar o atleta. No mesmo dia, o técnico reclamou de Leandro ter recebido o oitavo amarelo no Brasileiro, o que revoltou o atacante. O atleta respondeu que quem o critica deveria reconhecer sua importância para o time na marcação. Leandro recebeu o apoio de seus colegas e a situação desagradou à diretoria.

Apesar dos últimos atritos, o descontentamento da cúpula corintiana com as declarações de Geninho não é recente. Ele já precisou até se retratar no site oficial do clube por classificar de “bobagem” uma declaração de Citadini, que afirmou faltar ousadia aos treinadores brasileiros.



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…