5 jul 2003 - 18h47

Geninho está ameaçado de demissão

Diretores e conselheiros do Corinthians estão descontentes com o técnico Geninho por causa de suas declarações à imprensa e acreditam que, se ele não mudar de comportamento, irá criar a qualquer momento uma situação insustentável. Por enquanto, os dirigentes evitam falar sobre o assunto publicamente.

Nos bastidores, os dirigentes culpam o técnico por ter criado um clima tenso na última semana, apesar da vitória sobre o Fluminense, no domingo passado. Primeiro, ele disse que o lateral Fininho sentiu a pressão de jogar pela primeira vez no Pacaembu, diante da torcida corintiana.

Na terça-feira, o jogador desmentiu o técnico e, veladamente, a diretoria o acusou de queimar o atleta. No mesmo dia, o técnico reclamou de Leandro ter recebido o oitavo amarelo no Brasileiro, o que revoltou o atacante. O atleta respondeu que quem o critica deveria reconhecer sua importância para o time na marcação. Leandro recebeu o apoio de seus colegas e a situação desagradou à diretoria.

Apesar dos últimos atritos, o descontentamento da cúpula corintiana com as declarações de Geninho não é recente. Ele já precisou até se retratar no site oficial do clube por classificar de “bobagem” uma declaração de Citadini, que afirmou faltar ousadia aos treinadores brasileiros.



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…