24 jul 2003 - 18h06

A volta de Adriano

Apesar da derrota para o Guarani ontem, a quinta-feira é de alegria para a torcida rubro-negra. Ou, pelo menos, de alívio. O meia Adriano finalmente acertou a renovação de seu contrato e ficará na Baixada por mais um ano.

Contratado pelo Atlético em 1998, Adriano é, do atual elenco, o jogador que está há mais tempo no Atlético. Depois de ótimas temporadas com a camisa rubro-negra, ele foi negociado com o Olympique de Marselha. Passou poucos meses na França e logo retornou à sua casa.

Sua reapresentação levou grande quantidade de torcedores à Arena da Baixada, onde ele voltou a vestir a camisa e recebeu os cumprimentos do presidente Mário Celso Petraglia. Porém, seu retorno nunca foi tão aguardado quanto nos últimos dias.

Logo depois de ser convocado para a Seleção Brasileira para a disputa da Copa das Confederações, seu contrato de empréstimo com o Atlético expirou. Ainda houve tempo para que ele retornasse ao Brasil e enfrentasse o Vitória, mas foi necessária uma nova viagem à França a fim de acertar sua liberação.

Acompanhado pelo diretor Antonio Carletto Sobrinho, Adriano ficou mais de uma semana na França, para desespero do torcedor, que não via a hora de poder voltar a contar com seu camisa 8. No entanto, nem mesmo sua volta ao país diminuiu a ansiedade da torcida.

Ele ficou treinando no CT do Caju por mais de duas semanas até que, finalmente, o Club Rentistas, do Uruguai, concordasse com sua liberação. “Estou mais tranqüilo. Queria resolver logo esta situação para poder voltar a jogar e ajudar o Atlético a conquistar mais pontos e melhorar sua posição no campeonato”, afirmou ele.

A espera pode ter custado alguns pontos no Campeonato Brasileiro, mas teve uma compensação: agora o Atlético é novamente dono dos direitos federativos de Adriano, o que facilitará muito a renovação de seu contrato em 2004. A volta do meia tem data marcada: dia 30 de julho, quarta-feira, na partida contra o Santos, na Arena da Baixada. Seja bem-vindo, Gabiru!



Últimas Notícias