11 ago 2003 - 10h19

Resumo dos jornais desta segunda-feira

Atlético cava empate na raça – Jogando com um jogador a menos e sofrendo sufoco na maior parte do tempo, o Rubro-Negro mostrou raça e dedicação nos minutos finais da partida contra o tricolor gaúcho e chegou ao gol nos momentos finais do confronto através do zagueiro artilheiro Rogério Correia. Mesmo assim, o saldo final é negativo. O Furacão caiu uma posição na tabela e não terá os médios-alas Rodriguinho e Fernandinho e o volante-zagueiro Juliano contra o Galo devido a suspensões. (Leia mais).

 

Na raça, Atlético evita o pior – Com um a menos, o Atlético cresceu no duelo e chegou a esboçar uma pressão. As críticas à preparação física do Grêmio (feita por dirigentes, jornalistas e torcida antes da bola rolar) pareciam ter fundamento. O principal trunfo do Furacão para evitar o pior era Alex Mineiro. E com muita categoria, o atacante executou a jogada mais bonita da noite. Ele passou por dois marcadores e arrematou na trave. Era o primeiro sinal de que a equipe não havia desistido. (Leia mais).

 

Atlético não tira o “pijama” nem contra o lanterna – O Atlético continua patinando nas partidas fora de Curitiba. Ontem à tarde, um gol do zagueiro Rogério Corrêa, aos 43 minutos do segundo tempo, evitou a décima derrota rubro-negra fora de casa no Campeonato Brasileiro. Com o empate em 1 a 1 com o Grêmio, no estádio Olímpico, o time paranaense ficou na 17 colocação. (Leia mais).

 

Grêmio tenta, mas continua abraçado a lanterna – O Atlético-PR voltou no segundo tempo com duas modificações: o técnico Mário Sérgio trocou os alas de seu time, colocando Jadson em lugar de Daniel e Michel no lugar de Ivan. Com isso a equipe ganhou e força e foi mais ao ataque. Isso ficou comprovado logo aos 2 minutos quando Adriano, já dentro da grande área, chutou para fora, perdendo gol feito. (Leia mais).

 

Furacão empata com o Grêmio – O Grêmio decepcionou seus torcedores no encerramento da 25ª rodada do Brasileiro, ao empatar por 1 a 1 com o Atlético-PR, no estádio Olímpico. Com o resultado, o time segue em último lugar no Nacional, com 23 pontos. O Atlético, com 30 pontos, segue em 16º. O Grêmio abriu o placar aos 5min do primeiro tempo, com Caio marcando de cabeça após cobrança de escanteio. O gol do time paranaense, que fez sua segunda partida sob o comando de Mário Sérgio, foi de Rogério Corrêa, aos 43 min da etapa final. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…