22 ago 2003 - 9h58

Colunas: Sérgio Tavares Filho e o ‘chinesinho’

O jornalista Sérgio Tavares Filho escreve sobre um tênis que era mania na década de 80 e faz uma analogia com o futebol do Atlético na época:

“O tênis que para os meninos servia para jogar futebol de salão, para as nossas mães servia para jogar bolão, lá no SESC. Como o solado era de borracha, não precisava ‘molhar o pé’ antes de entrar na quadra. Maravilha.

Tudo isso eu passei antes de me mudar para Curitiba, em 91, e de estar mais perto do Atlético. No meu tempo de ‘chinesinho’, sofri com as dificuldades de se escutar os jogos em Matinhos (ainda hoje não é diferente), de agüentar na zaga jogadores como Fião e Roberson, e de lembrar da capa da Tribuna quando Tico, o artilheiro do Matsubara, foi contratado para defender o Furacão.”

Clique aqui e leia o texto na íntegra.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…