26 ago 2003 - 10h19

Opinião: “ninguém merece”

Como qualquer atleticano com mais de 20 e menos de 30 anos, apaixonei-me pelo time bem na época do famigerado Pinheirão. Os primeiros jogos, pegar Interbairros II, o primeiro título em 1988, quando fui acusado de “traidor” pela própria família, pois a semi final foi contra o Colorado, então dirigido por Juarez Villela, que vem a ser meu pai ! E fiquei na torcida atleticana. Tempo bacanas, de mais sofrimentos que alegrias, que fazem parte de uma história prestes a completar 80 anos.

Por isso não me conformo com a “geração Arena”. Playboys, patricinhas, geração shopping center, que mal sabem o nome de seus atletas. Mas sabem palavrões aos montes, não fazendo jus à sua educação de colégios particulares e intercâmbios no exterior.

Mário Sérgio foi xingado no sábado. Falhar, como qualquer humano ele falha. Todos falham. Não é porque sou amigo particular do Diego que vou me eximir de criticá-lo pelo gol que levamos. Mário Sérgio inventa, por vezes demais, mas é o jeito dele.

Em 2001, ele “inventou” Igor de lateral esquerdo contra o São Caetano. Motivou a estréia de Bruno Reis na zaga e Cocito de lateral direito contra o Palmeiras. Porém, colocou Kléberson de segundo volante e tirou Kleber da área, fazendo-o vir com a bola desde fora da área. Instituiu o consagrado sistema de 3 zagueiros e liberou Alessandro e Fabiano para que atacassem constantemente. Assim é Mário Sérgio.

Que culpa tem ele se Adriano não vem bem? Se Ilan não reestreou desde sua volta da Seleção? Se, com a ausência de Alessandro não conseguimos fixar ninguém na lateral direita? Prefiro os pecados táticos que ele possa vir a cometer, que a omissão e covardia em mudar dos tempos de Vadão.

Temos um elenco jovem, com média de pouco mais de 23 anos. Pressionar excessivamente este time, é sepultar todo um trabalho de médio e longo prazo.

Por fim, não consigo entender o que faz uma pessoa sair de casa, pagar R$ 15 , subtrair momentos de lazer e diversão de seu final de semana, para ficar xingando pessoas, que bem ou mal, estão trabalhando. Qual é a graça disso?

Se por um lado fico orgulhoso em comprovar que estamos dando uma (mais uma) prova que somos a maior torcida do Paraná, faço um apelo. Se você atleticano, sai de casa para xingar o time, vaiar jogadores que nem sabe o nome, fique em casa. Torcedor chato, ninguém merece ! E sabemos muito bem onde encontra-los.

Juarez Villela Filho
Colunista da Furacao.com
colunas@furacao.com

Os textos de opinião não representam necessariamente o pensamento da Furacao.com. O autor do artigo se responsabiliza integralmente por seu conteúdo. Comentários devem ser enviados diretamente ao autor, através do e-mail acima indicado.



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…