O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
14 set 2003 - 15h23

Desabafo de torcedor

Não existe uma certeza; que as palavras que redijo hoje, sejam publicadas. Se forem, ótimo! Porém será que algum jogador, diretor ou pessoas ligadas diretamente ao Clube Atlético Paranaense irá ler?

Quem não lembra dos grandes jogadores heróis da conquista nacional! (Rogério Correia, Fabrício, Ilam, Igor, Alex Mineiro, Adriano, Alessandro).

É sobre estes personagens que hoje irei falar! Mal ou bem? (tirem suas conclusões!).

O atual vergonhoso time (time?) do Atlético, possui sete titulares que ajudaram o clube ser campeão. Fora os que eram suplente na ocasião (Rodriguinho, Daniel). mas que hoje estão pessoalmente apagando tudo de bom que já fizeram. É lógico que não estão só, pois existem caras novas (Alan Bahia, Douglas Silva, Luciano Santos).

Apagando? O que aconteceu, os jogadores esqueceram de jogar? Ou perderam a vontade de vestir a camisa rubro-negra?

A verdade que se estampa involuntariamente nas atitudes de cada jogador, e que eles estão atrás de um sonho fora da realidade do trabalho que desempenham no atual momento. Sonham com Europa, com dólares, consolidação financeira (quem não sonha?). Mas esquecem que estes sonhos estão interferindo diretamente no trabalho desempenhado atualmente! Pois esquecem que a realidade é o Atlético, até que o destino queira o contrario. E que a vida que conseguiram por trabalhar no Atlético, é muito superior a de muita gente bem empregada e dono de empresa! (Ta louco?)

Vejam bem leitores.

Existem jogadores no Atlético que ganham mais que um Juiz de Direito do Estado. Outros ganham menos, mas estes que ganham menos, possuem o salário equivalente a muito que é pago para cargos públicos importantes (auditor fiscal, delegado, promotor, deputado, prefeito, diretores de estatais…). Resumindo os jogadores do Atlético ganham muito sem possuírem diplomas, sem terem prestado concurso, concorrido eleições,… e sem desempenharem uma atividade importante para o bom andamento da sociedade. Pois futebol pode movimentar muito dinheiro; mas não é essencial para o funcionamento do dia-a-dia das pessoas (rara a exceção). Com futebol ou não todos vivem!

Isso sem contar que possuem a oportunidade de conhecerem o Brasil de graça! (Salvador, Fortaleza, Rio…) Ah! Viagens internacionais também (La Paz, Cali, Montividel, Equador, Lima, EUA!), tudo a custa do Atlético! Médico de graça, acompanhamento nutricional, mídia e “trabalham jogando bola!”.

Parecem terem esquecidos que um dia, foram nobres trabalhadores normais como nós (no caso deles, pedreiro, cortador de cana, bóia fria, vendedores ambulantes e até desempregados!). Não quero desmerecer estas profissões. Pois sei que a realidade é dura, muitas vezes até mais que 8 horas diárias, para ser “premiado” com um “maravilhoso” salário mínimo! Quero explicitar que em relação ao atual trabalho, cada jogador tem que agradecer a Deus pela a oportunidade que teve!

É por isso que escrevo. As estrelas, cometas e nebulosas do Atlético, parecem terem perdido a humildade; ficaram gananciosos! (Não compreendeu?)

Os jogadores do Atlético querem jogar em um “time grande”, para ganhar milhões. Porém esqueceram de “trabalhar” para tal alcançar tal objetivo. Pois só jogam quando o jogo é transmitido nacionalmente! Ou quando tem olheiro de time europeu!. Com esse futebol que desempenham em partidas não “especiais”, não pegam serviço nem no Combate Barreirinha (Grande time amador do coração).

Se que se este texto for publicado, muita gente vai “chiar”, dar explicações, do que não pode ser explicado. Mas a realidade é que os jogadores involuntariamente se demonstram terem perdido a noção do que é o Atlético. Como o Atlético mudou suas vida para melhor. E de que nem tudo é maravilha na Europa (exemplo não falta). Resumindo a oportunidade só aparece para quem trabalha direito, sério, pisando no chão e tendo paciência. Pois esta historia de pacto, trabalhando sério, mandinga,…, e desculpa de quem não é competente no trabalho. Imagine se um cirurgião operasse alguém com a mesma seriedade que os jogadores do Atlético jogam! Ou um motorista de ônibus! Imagine que barbárie seria a sociedade.

Jogador é um trabalhador também, só que sem responsabilidade! (falei alguma mentira?).



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…