16 set 2003 - 19h25

Raul pede demissão do Juventude

A diretoria do Juventude havia decidido manter o técnico Raul Plasmann. A decisão foi anunciada hoje, depois de uma longa reunião realizada na noite da segunda-feira.

Porém, o próprio treinador achou melhor deixar o clube. Hoje à tarde, Raul conversou com o presidente Marcos Cunha Lima e apresentou seu pedido de demissão. Ele disse que sua saída poderia ajudar o clube a procurar soluções para buscar deixar a incômoda colocação que ocupa.

“Eu achei que chegou a hora de perguntar o que eu podia fazer pelo Juventude. O Juventude já fez muito por mim, e eu não vou perguntar outra vez o que ele pode continuar a fazer por mim, ele já fez tudo que eu poderia desejar e alguma coisa além disso aí. Então eu me perguntei: o que eu posso fazer pelo Juventude? Eu posso entregar o cargo, dar a direção uma oportunidade de achar uma outra solução, um outro remédio”, afirmou Raul em entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira.

Celso Roth e Vágner Benazzi são os mais cotados para assumir o cargo. A imprensa gaúcha cita também o nome de Hélio dos Anjos, do Sport, mas é extremamente remota a possibilidade de ele deixar a equipe neste momento.

Caso o novo treinador não seja contratado até sexta-feira, o auxiliar Luís Otávio Duarte Ferreira comandará o time contra o Atlético.



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…