21 set 2003 - 19h11

Opinião: ‘Alguém tem de fazer alguma coisa’

Perder por 4 a 0 para o Juventude é demais. É incompreensível, inadmissível e vergonhoso. Já nem há mais o que falar. O discurso é sempre o mesmo: fomos infelizes, perdemos chances, vamos trabalhar duro durante a semana e pensar no próximo jogo.

Não dá mais para ouvir sempre as mesmas desculpas ao final dos jogos. Se for assim, é melhor entregar os três pontos logo e ir direto pras entrevistas. Já as conhecemos de trás pra frente: “tivemos a infelicidade de sofrer os gols no início e desperdiçamos algumas chances, mas agora é pensar no próximo jogo”.

Não dá para só pensar no próximo jogo. Temos de pensar também nesse jogo que perdemos. Se a única opção é aceitar de forma passiva uma derrota por quatro a zero para o Juventude, eu me recuso. Melhor abandonar tudo de uma vez. Largar mão.

Mas essa também não é opção para os atleticanos. Alguém tem de fazer alguma coisa. Só não sei o que pode ser feito, mas algo tem de ser feito. Não dá simplesmente para esquecer e trabalhar para o próximo jogo. Essa atitude é incompatível com a história do Atlético. É trair nossos oitenta anos de luta.

Em 99, Mário Celso Petraglia se irritou com os jogadores depois de uma derrota rídicula para o Botafogo de Ribeirão Preto. No ano passado, o mesmo aconteceu depois de um jogo absurdo contra o América Mineiro (o qual acabamos vencendo). Acho que estamos precisando de outra dessas.

Marçal Justen Neto
Editor e colunista da Furacao.com
coluna@furacao.com

Os textos de opinião não representam necessariamente o pensamento da Furacao.com. O autor do artigo se responsabiliza integralmente por seu conteúdo. Comentários devem ser enviados diretamente ao autor, através do e-mail acima indicado.



Últimas Notícias