28 set 2003 - 22h05

Opinião: “Boca Bendita”

– Abram as portas que eu quero entrar!
– Quem é que chega com tanto entusiasmo, Pedro?
– É o Anfrísio, Senhor.
– Diga para ele esperar um pouco. O Atlético ainda está jogando. Dê-lhe mais um tempo.
– O Senhor é quem manda. Anfrísio, espera mais um pouco que ainda não é a hora.
– Como não? Já me chamaram.
– O Senhor disse para esperar terminar o jogo do seu time.
– Esperar? Pra quê? Já até sei o que vai acontecer. Deixa eu entrar, Pedro.
– Calma. Mais um pouco. Volte daqui a pouco.
– Vai ser 2-1.
– Não sei, o Atlético está atacando e daqui a pouco pode sair o empate.
– Duvido, Pedro. Até o Senhor já sabe do resultado e fica me segurando. Deixa eu entrar logo.
– Senhor, Senhor! Ele já sabe que vai ser 2-1 pro Flamengo.
– Como? Você deixou aberto o livro de resultados esportivos?
– Me desculpe, Senhor. Sabe como é… fim de semana, pouco movimento. Peguei só para dar uma conferida na rodada do Campeonato Brasileiro.
– Que falha, Pedro. Mas se é assim, deixe o Anfrísio entrar. Ele realmente precisa de descanso.
– Está certo, Senhor. Anfrísio! Pode entrar. Escolha um dos lugares perto de Deus. Aqui é o seu lugar. Só peço duas coisas: aqui no céu não usamos a expressão maldita, como a sua confraria. E a segunda: por favor, devolva-me o livro de resultados esportivos. Você ainda não pode saber como o Atlético terminará esse Campeonato Brasileiro.

Sérgio Tavares Filho
Editor e colunista da Furacao.com
coluna@furacao.com

Os textos de opinião não representam necessariamente o pensamento da Furacao.com. O autor do artigo se responsabiliza integralmente por seu conteúdo. Comentários devem ser enviados diretamente ao autor, através do e-mail acima indicado.



Últimas Notícias