10 dez 2003 - 19h32

Juvenis: rubro-negro perde nos pênaltis

O Atlético empatou por 2 a 2 com o Juventude em jogo disputado hoje à tarde no campo da Associação Artex, em Blumenau, pela Taça Governador do Estado de Santa Catarina de Futebol Sub-17. O regulamento da competição prevê que todos os jogos que terminem empatados sejam decididos nos pênaltis. Por isso, na disputa, o rubro-negro acabou perdendo por 3 a 2.

Os atacantes Anderson Aquino e Schumacher marcaram os gols do Furacão, que vencia por 2 a 1 até o finalzinho do jogo. Entretanto, aos 39 minutos do segundo tempo o Juventude conseguiu chegar ao gol de empate e levou a decisão para os pênaltis.

O regulamento da Taça Governador para a disputa de pênaltis é diferente: ao invés de cada time ter direito a cinco cobranças, as equipes batem apenas um pênalti por série. Assim, a decisão acaba quando um time erra e outro converte o pênalti na mesma série.

Foi o que aconteceu com o Atlético. Anderson Aquino e Marcelo acertaram os dois primeiros, assim como os gaúchos. Na terceira série, o atacante Eduardo, ex-PSTC, perdeu o pênalti e o Juventude venceu por 3 a 2. Com isso, o Atlético soma agora 4 pontos contra 5 do Juventude, bonificado com um ponto extra pela vitória nas cobranças de tiros livres da marca penal.

Amanhã o Atlético volta a campo para enfrentar o Guarani, de São Miguel do Oeste e o Juventude pega o Metropolitano. A expectativa agora é a de que o rubro-negro consiga a classificação como um dos melhores segundo colocados.

Mais informações sobre os Juniores do Atlético:
Taça Governador do Estado 2003
Elenco completo da Categoria Juniores
Comissão técnica dos Juniores



Últimas Notícias