6 jan 2004 - 18h05

Com pubalgia, Alan pode parar por 5 meses

Uma pubalgia pode deixar o volante Alan Bahia afastado do gramado por cerca de cinco meses. O jogador sentiu dores no púbis no final da Copa Sesquicentenário, no ano passado, e desde então vem recebendo tratamento médico. Ontem e hoje ele não participou dos treinamentos físicos e foi o único jogador atendido pelos médicos atleticanos nesta pré-temporada.

Segundo o Dr. Edilson Thiele, chefe do departmento médico do Atlético, a pubalgia é um dos problemas mais difíceis de se tratar em medicina esportiva. Segundo ele, a recuperação é demorada em razão da dificuldade de se determinar com exatidão qual é a causa das dores que incomodam os atletas.

Vários jogadores atleticanos tiveram pubalgia nos últimos anos. Os casos mais notórios são os de Gustavo, Cocito, Alex Mineiro e Ilan. Para o médico Henrique Carvalho, o tratamento da pubalgia ou pubeíte evoluiu nos últimos meses, o que pode acelerar a recuperação de Alan Bahia.

Por enquanto, o jogador está sendo submetido a um tratamento clínico, o que poderá sanar as dores. Caso não haja resultados num espaço curto de tempo (cerca de 1 mês), a única solução será a intervenção cirúrgica. É nessa hipótese que a recuperação demoraria por volta de cinco meses.



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…