14 jan 2004 - 20h19

Em vez dos pesos, a bola

Pela primeira vez no ano, os jogadores atleticanos puderam se divertir nos treinamentos. Ou seja, puderam jogar futebol. Mesmo sendo um ‘rachão’, pôde-se constatar a alegria dos atletas em não ter que apenas fazer exercícios físicos. ‘É melhor correr jogando bola a ter que ficar correndo em volta do campo’, disparou o goleiro Diego.

Mário Sérgio dividiu os jogadores em dois grupos (brancos e azuis) e apenas apitou à distância, sem grandes preocupações com a disputa. No branco estavam Diego, Marinho, Douglas da Silva, Alessandro, Vanderson, Ivan, Fernandinho, Washington, Bruno Lança, Rogério Corrêa, William, Dione e Raulen. Do outro lado ficaram Cléber, André Luiz, Alessandro Lopes, Fabrício, Jadson, Igor, Rodrigo, Ramalho, Marcão, Fabiano, Ilan, Valnei e o argentino Beto.

A maior parte dos atletas atuou fora de sua posição de origem. Rogério Corrêa ficou o tempo todo na ‘banheira’ e marcou vários gols. Ramalho foi para a zaga, Alessandro Lopes para a lateral-esquerda e assim por diante.

Fabrício e Jadson foram os destaques do time azul, mas os dois não conseguiram impedir a vitória por 7 a 3 da equipe branca. Após a disputa, os perdedores ainda tiveram que dar piques de 50 metros como castigo.

Amanhã (quinta-feira), os jogadores voltam a treinar em dois períodos no CT. E no sábado, Mário Sérgio pretende comandar o primeiro coletivo do ano, na Arena da Baixada, visando a estréia no Campeonato Paranaense, contra o Prudentópolis, na próxima semana.

Veja as fotos do treino



Últimas Notícias