15 jan 2004 - 20h02

Atlético pode punir meia Adriano

De acordo com notícia veículada no site da Revista Placar, O Atlético poderá punir e até mesmo processar o jogador Adriano. João Augusto Fleury, presidente do Atlético, afirmou nesta quinta-feira que o meio-campista, dispensado por dois dias, mas que se nega a se reapresentar ao clube, poderá responder judicialmente por sua deserção. “O Adriano tem contrato até o final de junho com o Atlético. Se romper unilateralmente esse acordo, vamos procurar nossos direitos”, ameaçou o dirigente.

Adriano alegou problemas particulares para obter a dispensa de dois dias da pré-temporada que ocorre no CT do Caju. Desde terça-feira desta semana ele não treina com o elenco. O jogador deveria ter retornado nesta quinta-feira aos treinos, mas especula-se que ele tenha proposta de outra equipe e esteja negociando um acerto. “Estão fazendo a cabeça do guri”, disse o diretor de futebol Antônio Carletto Sobrinho.

Adriano é vinculado ao Olympique de Marselha e ao empresário Juan Figger. Revelado pelo Atlético em 1998, o jogador é hoje um dos que mais se identifica com a torcida do Furacão. No ano passado, teve momentos de estresse com o técnico Mário Sérgio, que em alguns jogos do Brasileiro deixou o jogador na reserva.



Últimas Notícias