20 jan 2004 - 11h53

Resumo dos jornais desta terça-feira

Zagueiro atleticano passa maus bocados em Fortaleza – Vítimas de atitudes de “coronéis”, os dois foram recebidos com desdém no Tricolor do Pici, não tiveram honrados os acordos preestabelecidos e ainda foram retidos e agredidos por um dirigente do clube e seus capangas. Agora, o destino do jogador, que não será aproveitado pelo técnico Mário Sérgio no Rubro-Negro, deverá ser o Criciúma. (Leia mais).

 

Atlético encaminha o registro de Ramalho – O Atlético não precisa esperar pela liberação do registro do volante Ramalho para escalá-lo no jogo de estréia no Campeonato Paranaense amanhã, às 20 horas, na Arena, contra o Prudentópolis. Mesmo não havendo expediente na CBF hoje – aniversário do Rio de Janeiro –, o jogador poderá atuar com o simples aval da Federação Paulista de Futebol (onde atuava), o que já ocorreu. (Leia mais).

 

Adriano volta aos treinos do Furacão – Depois de ficar uma semana afastado do Atlético-PR, o meia Adriano retornou aos treinamentos com cara de poucos amigos. O jogador pediu licença argumentando que precisava de um tempo para pensar no futuro e também para resolver problemas familiares. (Leia mais).

 

Equipe aposta na juventude para a estréia – Outra característica da equipe é que, dos 11 titulares, seis foram revelados nas categorias de base do Atlético: William, Ivan, Rodrigo, Jadson, Alessandro Lopes e Fernandinho. A proporção é mantida também no grupo de 33 jogadores selecionados pelo técnico Mário Sérgio para a temporada 2004. Deste elenco, quase a metade 16 deles profissionalizou-se no clube. (Leia mais).

 

Adriano reaparece, treina, e diz que fica no Atlético – O meia Adriano retornou ao Atlético e está treinando desde sábado. Ele havia ficado uma semana sem aparecer no Centro de Treinamentos do Caju pois estava dispensado para resolver problemas particulares. Na volta, o jogador negou que tivesse recebido proposta para deixar o Rubro-Negro. ”Isso foi tudo invenção, agora voltei e estou treinando para voltar a jogar”, afirmou. (Leia mais).

 

Esquenta a briga por uma vaga no ataque do Furacão – A briga por um lugar no ataque do Atlético-PR promete ser boa nesta temporada 2004. São seis jogadores para duas vagas: Ilan, Dagoberto, Fernandinho, Washington, Renna e Ricardinho. “O time está cheio de atacantes e volantes. Vamos ver quem vai jogar”, afirmou Ilan, que no primeiro coletivo do ano, no último sábado, treinou entre os titulares ao lado de Fernandinho. Washington e Renna ficaram no time reserva. (Leia mais).

 


Últimas Notícias