28 jan 2004 - 10h24

Resumo dos jornais desta quarta-feira

Furacão com a mesma pegada para continuar na liderança – Mesmo assim, o treinador não quer dar sopa para o azar e quer muito respeito ao adversário. “A gente sabe que o Malutrom conseguiu um resultado expressivo ao vencer, fora de casa, o Prudentópolis, que teve um desempenho contra a gente muito bom”, aponta. Apesar de não ter muitas informações sobre quem vai encarar, o treinador espera uma partida muito disputada. (Leia mais).

 

Atlético repete o time – Duas vitórias em duas rodadas do Campeonato Paranaense e a possibilidade de escalar a mesma formação pela terceira vez hoje, às 20 horas, no Pinheirão, contra o Malutrom, é tudo que o Atlético desejava neste início de temporada. Havia dúvida sobre o aproveitamento de Ilan, que precisou ser substituído no segundo tempo do jogo contra o Francisco Beltrão. Anteontem, ele ainda estava com dores na coxa, mas já trabalhou normalmente ontem à tarde. (Leia mais).

 

Atlético cabra-cega – O Atlético fará hoje outro jogo contra um adversário incógnito. “Vamos jogar no escuro”, afirmou o técnico Mário Sérgio, explicando que, nesta primeira fase do Campeonato Paranaense, escalará o time sem ter informações sobre os adversários. O treinador esclarece que não se trata de uma opção da comissão técnica, mas que tem enfrentado dificuldades em obter vídeos e dados sobres os times de fora de Curitiba. (Leia mais).

 

Washington pode voltar a jogar hoje – A maior atração da partida de hoje, às 20 horas, no Pinheirão, entre Atlético e Malutrom, não entrará em campo como titular. A partida deve marcar a volta ao futebol do atacante Washington, que pode sentar-se no banco de reservas exatamente 14 meses depois de ter sido operado do coração, quando ainda jogava no Fenerbache, da Turquia. (Leia mais).

 

Atlético terá desafio diferente – As duas primeiras rodadas foram suficientes para mostrar que o time está adquirindo um padrão de jogo. O Furacão somou todos os pontos disputados, marcou seis gols e ainda não sabe o que é sofrer gol. O desafio agora é saber qual será o comportamento do grupo na casa do adversário. (Leia mais).

 

Atlético quer manter os 100% de aproveitamento – Para o treinador atleticano, o jogo desta noite deverá ser bem mais complicado do que os dois primeiros que o time fez até agora. “Vamos enfrentar uma equipe qualificada, que venceu o Prudentópolis na casa deles e nós sabemos que isso não é fácil. Portanto, tenho certeza que não vai ser nada fácil. Vamos ter que jogar mais bola se quisermos vencer”. (Leia mais).

 


Últimas Notícias