28 jan 2004 - 19h23

Ricardo Gomes pede demissão da Seleção

Depois de uma reunião de 20 minutos com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, o técnico Ricardo Gomes se desligou do comando da Seleção Brasileira Sub-23 e defendeu os jogadores santistas Diego e Robinho.

“Não existe mais razão para eu continuar. Não nos classificamos para as Olimpíadas e agora passo a ser apenas um torcedor”, disse à Rádio Globo.

Gomes esclareceu que não foi convidado, em nenhum momento, para participar da comissão técnica da Seleção principal: “São coisas totalmente distintas. Não havia razão nenhuma para eu trabalhar com o Parreira e o Zagallo. Vou apenas torcer pelo trabalho deles”, disse.



Últimas Notícias