29 jan 2004 - 10h27

Colunista avalia desempenho dos jogadores

O colunista Erick Raifur, da Furacao.com, assistiu ao jogo de ontem contra o Malutrom e analisou o desempenho dos atletas do Atlético. Confira a opinião dele sobre as atuações, bem como as notas conferidas aos jogadores:

Diego: Não teve muito trabalho. Fez duas boas defesas, mas teve parcela de culpa no gol do Malutrom. Nota: 5,5.

Alessandro: Não fez uma boa partida. Substituído no intervalo. Nota: 5.

Alessandro Lopes: Regular, não se destacou como nos dois primeiros jogos, mas também não comprometeu. Foi substituido por Fabiano no segundo tempo. Nota: 6.

Rogério Corrêa: Regular no primeiro tempo, se aventurou mais ao ataque no segundo tempo, e chegou a armar jogadas razoáveis. Nota: 6,5.

Marcão: Mostrou raça. Roubou várias bolas e bons cruzamentos. Nota: 7,5.

Ramalho: Está evoluindo. Manteve a pegada do primeiro jogo, mas está com mais confiança. Está errando menos passes, e até se arriscou ao ataque pelo ponta direita em algumas ocasiões. Nota 6.

Rodriguinho: Também não fez uma boa partida. Devidamente substituído por Alan Bahia, no intervalo. Nota: 5.

Jadson: Melhor em campo, novamente. Participou dos três gols. Belos lançamentos. Toca rapidamente. Melhorou muito na marcação, e bem condicionado fisicamente. A pré-temporada puxada e a linha dura de Mário Sérgio lhe fizeram bem. Nota: 8,5.

William: Outro que está evoluindo. Boas jogadas, apoiou bem o ataque pelo lado direito do campo. Também ajudou na marcação do meio-campo. Nota: 7,5.

Fernandinho: Um pouco fominha em algumas jogadas. Mas é um jogador diferenciado. No terceiro gol, mostrou elasticidade, preparo físico, técnica e oportunismo. Nota: 8.

Ilan: Um pouco apático. Não lembrou o Ilan do primeiro tempo contra o Beltrão. Fez uma boa jogada no segundo tempo, mas errou na finalização. Nota: 5,5.

——

Alan Bahia: Entrou no intervalo e fortaleceu a marcação no meio-campo. A partir da entrada dele, o Atlético dominou este setor e construiu a vitória. Nota: 6,5.

Renna: Raspou o cabelo e parte da torcida demorou para reconhecê-lo. Correu bastante, mostrou raça e determinação. Mas aparenta não ter condições de suplantar Dagoberto e Ricardinho na posição de segundo atacante. Nota: 6.

Fabiano: Entrou no lugar de Alessandro Lopes, e mostrou um belo cartão de visitas. Apresentou boa qualidade de passe, muita tranquilidade e apareceu no ataque algumas vezes. Dor de cabeça para Mário Sérgio. Nota: 6,5.

Mário Sérgio: Soube mexer as peças ainda no primeiro tempo. E substituiu bem no segundo tempo. Tem o grupo na mão e mantém disciplina forte. Nota: 7,5.



Últimas Notícias