11 fev 2004 - 6h21

Resumo dos jornais desta quarta-feira

Mário Sérgio descarta o Corinthians
Com a fritura do técnico Juninho no Corinthians, Mário Sérgio, comandante do Atlético, voltou a ser um dos principais nomes ventilados pela direção do clube paulista para assumir o posto. Nada que abale a paz e a tranqüilidade que o treinador rubro-negro desfruta no CT do Caju. Saboreando o bom momento do time no campeonato paranaense, ele afirmou ontem que tem um contrato de “homem” com o Atlético e que pretende cumprir o compromisso assumido até o final do ano. (Leia mais).

 

Atlético segura Mário Sérgio
A lembrança de seu nome para dirigir o Corinthians, no caso de Juninho sair, não mexe com o técnico Mário Sérgio, que tem contrato com o Atlético até o fim do ano. “Não posso falar sobre hipótese de proposta. Não fui procurado. Estou muito contente no Atlético, passando por um momento muito bom e focado no Campeonato Paranaense. O Corinthians é um assunto que não existe, uma ficção. Aqui, tenho um acerto. Homem quando faz acerto vai até o fim”, honra o técnico, tranqüilizando os atleticanos. (Leia mais).

 

Atlético-PR pode perder Mário Sérgio
O técnico Mário Sérgio, do Atlético-PR, foi sondado para assumir o lugar de Juninho Fonseca, no Corinthians. De acordo com a imprensa paulista, Mário Sérgio é o nome preferido pela diretoria corintiana para suceder Juninho, que está balançando no cargo, assim como o diretor-técnico Roberto Rivellino. (Leia mais).

 

Mário Sérgio garante que fica no Atlético e Dagoberto volta
O atacante Dagoberto, 20 anos, voltou a treinar no Atlético ontem, depois de 20 dias de férias. O jogador recebeu a folga neste período porque não teve descanso desde o Campeonato Paranaense de 2003. Desde então, disputou a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro, o Mundial de Juniores, nos Emirados Árabes, e o Pré-Olímpico, no Chile.
(Leia mais).

 

Furacão quer garantir o 1º lugar
O Furacão entra em campo domingo, pela 6ª rodada do Campeonato Paranaense, precisando vencer o Iraty para consolidar o 1° lugar da Chave Sul. Com 13 pontos, o Furacão consolida a liderança se chegar a 16. Obtendo o 1° lugar, o rubro-negro levará a vantagem de atuar três jogos em casa na próxima fase, além de evitar um confronto com o rival Coritiba nessa etapa. Na segunda fase, haverá duas chaves de seis equipes e as duas melhores se classificam para a semifinal. (Leia mais).

 


Últimas Notícias