14 fev 2004 - 11h52

Manchetes atleticanas deste sábado

Vitória amanhã garante o primeiro lugar ao Atlético – Precisando vencer para confirmar o primeiro lugar no grupo A, mas jogando pela primeira vez fora de Curitiba e num estádio acanhado, o técnico Mário Sérgio exigiu dos jogadores muita atenção na recuperação das bolas. “A gente tem que fazer isso toda semana, principalmente nesse jogo porque o campo é pequeno e eles devem ‘quebrar’ a bola”, diz o treinador. Traduzindo: o Iraty, na visão da comissão técnica do Atlético, deverá tentar fazer muita ligação direta defesa/ataque para armar ataque com as sobras. (Leia mais).

 

Não é fácil a vida de goleiro reserva – Veja o caso do arqueiro atleticano Cléber que, com a contusão do titular Diego, terá que substituir um dos melhores goleiros do país, superar a falta de ritmo de jogo e ainda manter a invencibilidade atleticana dentro do Campeonato Paranaense. O jogador explica que a motivação de um goleiro reserva, que acaba atuando pouco durante a temporada, está no treinamento diário, que se torna um jogo oficial. (Leia mais).

 

Mário Sérgio confirma Igor no Atlético-PR – Três meses depois de levar uma cotovelada involuntária do são-paulino Lugano e ter de fazer uma operação para corrigir uma fratura na face, o zagueiro Igor terá a chance de voltar a atuar pelo Atlético-PR no jogo de domingo contra o Iraty. (Leia mais).

 

Bônus na final é a meta do Atlético – Pelo regulamento, o time com melhor campanha poderá jogar pelo empate na semifinal e na final do campeonato. O melhor retrospecto também será usado para definir o mando de campo do segundo jogo da final. Para o técnico Mário Sérgio, as vantagens oferecidas pelo regulamento são significativas e, por isso, exigirá dedicação máxima dos jogadores. “Vamos buscar qualquer benefício que estiver no regulamento”, afirmou o treinador. (Leia mais).

 


Últimas Notícias