22 fev 2004 - 18h21

Washington: um candidato a ídolo

O único jogador do Atlético a ter seu nome gritado antes do início da partida foi o atacante Washington. Enquanto o árbitro ajeitava seu cronômetro, a torcida organizada Os Fanáticos levantou e o aplaudiu o “Coração Valente” como se ele estivesse no Furacão há muito tempo.

Washington retribuiu o carinho na segunda etapa, quando fez dois gols e correu para a comemoração em frente aos torcedores. Questionado pelo repórter Leonardo Mendes Jr, da rádio CBN, se ele já se considerava um ídolo, Washington respondeu: “Quem decide isso é a torcida”.



Últimas Notícias