8 abr 2004 - 23h22

O primeiro Atletiba a gente não esquece

O Atletiba deste sábado não é apenas mais um na história do clássico. Trata-se da décima primeira decisão de título paranaense entre as duas equipes. A vantagem é rubro-negra, obtendo seis conquistas contra quatro do rival.

Além de ser uma final, a partida terá um gostinho especial para alguns jogadores atleticanos. Por exemplo, será o primeiro Atletiba do artilheiro Washington. Na primeira fase do campeonato, o ‘coração valente’ não pôde atuar porque sua situação na FIFA ainda não estava regularizada.

E caso marque algum gol no Coritiba, Washington irá assumir a artilharia do Campeonato Paranaense, ao lado de Tainha, do Roma, com 11 gols. ‘Estou bastante confiante, o nosso maior objetivo é conquistar o título e seu eu puder fazer e ser artilheiro ótimo’, revelou o atacante.

Vontade é o que não falta ao jogador. Ele está ansioso pela partida, ainda mais por ser uma final. ‘A expectativa é a melhor possível, estou ansioso pois o Atletiba é um clássico que já fala por si, mexe com a cidade toda’, disse. Aliás, Washington já notava essa mudança desde o tempo em que atuava pelo Paraná Clube, alguns anos atrás.

Outro fator motivacional ao atacante é que este poderá ser seu segundo título. O primeiro foi conquistado quando ele ainda jogava pelo Internacional. Mas este, caso conquistado, terá um sabor especial. Será logo depois da sua volta ao futebol após a recuperação da cirurgia no miocárdio.

Falta de apoio ele não terá. O jogador foi um dos que mais receberam e-mails de incentivo na campanha do site Furacao.com. Sem falar que a torcida já o acolheu como se fosse do Atlético há muito tempo. Sorte ao ‘coração valente’!



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice.

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…