8 abr 2004 - 16h52

Vanderson pede desculpa a torcedora

O volante Vanderson pediu desculpas formalmente nesta quinta-feira à torcedora Marlene Rauche do Rosário. Marlene, de 54 anos, levou uma bolada decorrente de um chute de Vanderson na partida contra o Londrina, na Arena da Baixada. Ela estava na reta, próxima à grade, quando Vanderson chutou uma bola para lateral.

Imeditamente, Vanderson levou as mãos à cabeça, inconformado com o acidente. “Eu fiquei desesperado. Depois do jogo, enquanto todos estavam fazendo festa pela classificação, eu só queria saber informações sobre a Marlene. O pessoal do DM disse que ela estava sendo atendida na ambulância”, disse o jogador.

O Atlético providenciou toda assistência à torcedora. Marlene foi submetida a exames médicos e odontológicos e ainda recebeu óculos novos. Nesta quinta-feira, ela foi convidada para fazer uma visita ao CT do Caju.

Marlene foi recepcionada por Vanderson e por vários atletas do elenco. O jogador fez questão de se desculpar e presenteou Marlene com um buquê de flores, uma bola e uma camisa do Atlético, ambos autografadas.

“O Atlético me deu toda a assistência. O presidente Fleury me ligou perguntando se eu estava bem e se precisava de algo. O sonho de toda a torcida e o meu também é conhecer o CT do Caju e ter um contato mais direto com os jogadores. A bolada no rosto rendeu a realização. Eu estou muito feliz e esses momentos vão ficar marcados na minha história”, disse a senhora enquanto tirava fotografia com os jogadores.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…