18 abr 2004 - 20h20

Coxas discutem com dirigentes no intervalo

Logo após o final do primeiro tempo, os jogadores coxas-brancas partiram com tudo para cima do árbitro, tentando pressionar Mafra. Até o treinador Antônio Lopes entrou em campo, mas a Polícia Militar chegou a tempo e conseguiu amenizar a confusão.

O bate-boca aconteceu próximo ao pombal, onde toda diretoria atleticana estava acompanhando a partida. As provocações começaram a surgir dos dois lados e só com a retirada dos alvi-verdes a situação foi controlada.



Últimas Notícias

Brasileiro

Saudades do ex? Por aqui, não.

Pela terceira rodada do Brasileirão, o Athletico foi até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio de Tiago Nunes. Surpreendente na escalação, António Oliveira iniciou o…