23 abr 2004 - 1h00

Confira as explicações do técnico Julio Piza

Depois da derrota para o São Paulo na estréia do Campeonato Brasileiro, o técnico interino Julio Piza tentou justificar sua atuação. O Atlético ficou com dois jogadores a mais na partida, mas nem assim ele abriu mão do esquema com três zagueiros e dois volantes. Quando substituiu, colocou Fabrício no lugar de Alessandro Lopes.

Apesar disso, Piza considera que fez o certo. Segundo ele, de nada adiantaria colocar mais atacantes, pois isso não tornaria o Atlético mais ofensivo. Ele disse que a derrota foi causada porque faltou experiência ao elenco atleticano. Confira suas principais declarações:

EXPULSÕES
“Por incrível que pareça, na hora que eles perderam dois jogadores, em vez de eles se perturbarem, nós é que pioramos. Eles recuaram, deixaram só o Luís Fabiano na frente e nós não tivemos poder para entrar na zaga deles”

CHANCES
“O primeiro tempo era para ter virado com um placar favorável para nós, mas perdemos muitas chances. Depois, eles com 9 jogadores conseguiram encaixar um contra-golpe e o Gustavo foi muito feliz no chute dele, infelizmente”

MUDANÇA TÁTICA
“Nós colocamos o time para frente. Adiantamos os zagueiros, soltamos os volantes, mas a característica dos nossos volantes não é de sair para o jogo. Então, mesmo com a gente adiantando o time, não tivemos a capacidade de entrar na defesa do São Paulo”

FABRÍCIO
“Eu coloquei o Fabrício, que é um jogador que trabalha bem e tem um chute bom de fora da área, mas infelizmente ele não teve o poder de finalização”

OFENSIVIDADE
“Não é colocando quatro atacantes que você vai ser mais ofensivo. Nós tivemos quatro ou cinco chances de gol no primeiro tempo jogando dessa maneira. A partir do momento que ficamos com dois jogadores a mais, vocês devem ter percebido que o Igor subiu, que o Alessandro foi pra frente. Depois, tiramos um zagueiro para colocar o Fabrício, que é um jogador de bom domínio de bola, mas o São Paulo se plantou”

EXPERIÊNCIA
“O time do Atlético é pouco experiente. São muitos garotos, falta alguém que tenha mais experiência”

ATAQUE
“Do jeito que estava congestionada a área do São Paulo, não adiantava colocar mais jogadores de velocidade. Tinha de colocar jogadores que têm bom arremate de longa distância”



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…