23 abr 2004 - 16h01

Opinião de Juarez Villela Filho

Leia a opinião de Juarez Villela Filho:

Humildade

Quantas vezes já não ouvimos que o Atlético tem o melhor CT do Brasil, o melhor Estádio da América Latina? Que nossas categorias de base são as melhores do Brasil? Que somos o time mais organizado administrativamente, com as dívidas saneadas e que temos o melhor (talvez o único) cientista do mundo a cuidar exclusivamente de futebol?

O Atlético não é o Real Madri minha gente!

O Atlético é um time que, queiramos ou não, ainda busca seu lugar no cenário nacional. A derrota de ontem, nada mais é do que o reflexo de um time que está derrotando a si próprio há dois anos. Após a “Tomada da Bastilha” do todo poderoso MCP, o Atlético não é, e parece que não será, mais o mesmo.

O buraco é mais em cima. Que Mário, o Sérgio, errou e feio nas finais, até Steve Wonder conseguiria ver. Que sua teimosia foi seu maior erro, e sua vontade de ter mais majestade que o Rei o fez errar, não há dúvidas. Mas quem erra mais, e há tempos é o outro Mário. O Celso!

O atleticano quer o Atlético de volta. Aquele em que os jogadores doavam-se integralmente, aquele que jogava em desvantagem numérica ou no placar e revertia. Aquele Atlético que era do povo e não um time de dono, uma espécie de Matsubara do século XXI, onde a preocupação é ver quai$ jogadores serão vendidos e o quanto vai entrar nos cofre$ (espero que do Atlético).

O descompromisso com a vitória de um Ilan, um Dagoberto, um Fabrício, são tocantes. É um time sem alma, que espelha o que vem de cima. Após perder o título em casa, para o maior rival, fato que nunca havia ocorrido em 80 anos de história, a maior preocupação do Dr. Fleury era com o prejuízo da quebra das cadeiras. Quanta sensibilidade!

O Atlético fez parceria com o maior (novamente o melhor) grupo de marketing mobiliário americano. Porque não fazem uma parceria com o torcedor, esse que tanto dá e tão pouco pede em troca? Não seria mais correto, mais justo, mais humano?

O Atlético, antes de tudo, deve voltar a calçar as sandálias da humildade que tão bem nos fizeram em mais de sete décadas de existência. E que volte a tomar um rumo: se realmente o Atlético é tão bom, se vale o ingresso mais caro do Brasil, se tem o melhor do melhor em tudo, por que não se contratam os melhores jogadores e principalmente, o melhor treinador?

Chega de comer rolmops e arrotar salmão! Eu só queria o meu Atlético de volta.

Juarez Villela Filho
Colunista da Furacao.com.

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…