7 maio 2004 - 10h25

Opinião de Sérgio Tavares Filho

Leia a opinião de Sérgio Tavares Filho:

Parede de Metal

O Rio de Janeiro não está mais lindo. A realidade do tráfico de drogas e a incompetência de quem administra a cidade fizeram do maior cartão-postal do Brasil um mundo perdido. Não consigo achar a solução de um problema que vem se arrastando há anos. A guerra entre os traficantes e a polícia mata mais, proporcionalmente, do que os atentados no Iraque.

Num país pobre e miserável como o nosso, assistimos todos os dias o sofrimento da população para ser atendida no posto de saúde, pessoas reclamando da água que invade a casa na região metropolitana, idosos abandonados em asilos esperando a morte. Poucos como eu e você temos o privilégio de fazer três ou quatro refeições por dia, estar empregado, poder comprar uma aspirina quando temos dor de cabeça e dormir tranqüilo num inverno rigoroso como o de Curitiba. Mesmo com todas as dificuldades que enfrentamos no dia-dia, levamos a vida.

É por isso que não entendo muitas situações que poderiam ser contornadas com uma boa conversa. A briga entre a diretoria do Atlético e Os Fanáticos é um exemplo. As duas partes criaram uma parede de metal que estremeceu a relação. A briga por causa do preço do ingresso, a proibição da bateria na Arena, dos materiais de papel para a coreografia da torcida são alguns exemplos.

Será que as pessoas dos dois lados não poderiam ser mais humildes e tentar voltar a trabalhar unidos, ajudando o Atlético Paranaense? Não consigo entender o porquê de toda confusão. Antigamente o Petraglia era Deus. Hoje mudou de lado. Antigamente os integrantes da Fanáticos eram aliados. Hoje são inimigos declarados.

Ainda tenho muito a aprender com a vida, só que duas coisas eu carrego de berço: os poderes da gratidão e do perdão. Sou grato por tudo o que já vivi com o Atlético embalado pela alegria dos Fanáticos. E queria viver assim para sempre, pois aqui não é o Rio de Janeiro e nem tudo está perdido.

Sérgio Tavares Filho
Editor e colunista da Furacao.com.

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…