16 maio 2004 - 12h54

Corinthians lamenta a saída de Pingo

A diretoria do Corinthians está arrependida de ter liberado o volante Pingo para o Atlético. Apesar de não ser titular, Pingo seria uma das opções do técnico Oswaldo de Oliveira em razão da carência de atletas para essa posição.

Na quarta-feira, o departamento médico do Corinthians anunciou que o volante Fabrício só poderá voltar aos gramados em 2005. A previsão de seu retorno após a realização de uma artroscopia era de um mês, mas esse prazo foi estendido para nove meses.

Segundo a reportagem do Estado de S. Paulo, a diretoria do clube já havia se comprometido a liberar o volante Pingo ao Atlético e, por isso, não pôde voltar atrás. Porém, a contusão de Fabrício e o empréstimo de Pingo criaram mais uma saia-justa no time, que passou a ficar com poucos atletas para a posição.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…