13 ago 2004 - 0h40

Levir Culpi: ‘está de bom tamanho’

Na entrevista coletiva concedida à imprensa no final do empate diante do Botafogo, o técnico Levir Culpi falou sobre a atuação da defesa atleticana e disse que o resultado foi justo pelo desempenho das equipes em campo.

Levir também comentou sobre a volta ao Estádio Caio Martins e fez um balanço do campeonato ao término do primeiro turno. Confira os principais trechos da coletiva:

RESULTADO
"Matematicamente o empate nunca é bom, mas pelas circunstâncias do jogo hoje, o resultado foi justo. Mesmo assim, eu achei que o Atlético teve as melhores oportunidades para marcar. Tivemos as melhores situações e não definimos. Eles (Botafogo) procuraram bem o jogo e acabaram conseguindo o gol de empate. Foi um jogo muito corrido e com muitas bolas espirradas. Mas pelo que as duas equipes fizeram, está de bom tamanho".

DEFESA ATLETICANA
"Nossa defesa foi muito firme hoje. O Botafogo é que tinha que sair pro jogo, nós acabamos perdendo qualidade técnica e as oportunidades de contra-ataque. O Jefferson fez mais defesas que o Diego porque muitas oportunidades foram criadas, mas não convertidas".

JOGO
"Nós fizemos um jogo regular o tempo todo, fizemos o gol primeiro e eles empataram. Tivemos chances, mas não matamos. Mas está tudo dentro da normalidade. Se você observar bem, muitos aspectos envolveram o jogo de hoje, principalmente pela comemoração do Centenário deles. Fizemos o possível, todos se esforçaram. O resultado é ruim matematicamente, mas as equipes se empenharam ao máximo. Fizemos uma boa partida".

RETORNO A CAIO MARTINS
"Quem mais sentiu foi eu, porque os jogadores não estão acostumados com isso. Foi a mesma coisa que aconteceu com o Geninho na semana passada, que mesmo após dois anos afastado do Atlético, foi muito bem recebido por todos. É uma situação que tem muito a parte emocional, de torcedor, ser humano e amigo. A gente fica numa situação desconfortável, mas os jogadores não sentiram isso.

ARBITRAGEM
"Dentro de campo teve muita lealdade. Novamente, tivemos mais uma arbitragem prejudicando o Atlético, que não teve critérios. Muitos treinadores já estão perdendo o controle por causa disso".

BALANÇO
"É o segundo campeonato por pontos corridos, mas pra mim é o primeiro. Eu gosto bastante dessa modalidade, é bom que não tenha ninguém disparado porque dá uma importância maior para cada rodada. Eu acho que é a fórmula ideal de competição. Na minha opinião, as equipes mais organizadas estão na ponta do campeonato e isso segue uma lógica. Como é o segundo campeonato apenas, as coisas ainda estão se ajustando. Há um nivelamento muito grande, até inesperado. Nós vamos enfrentar a equipe do São Paulo no domingo e precisamos vencer, vamos pra cima. Tem muita coisa pela frente e temos que ficar sempre na ponta".



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…