18 ago 2004 - 10h50

Diretor fala sobre a bateria do segundo anel

O diretor de marketing do Atlético Paranaense, Mauro Holzmann, afirmou na manhã desta quarta-feira que a bateria do segundo anel do Estádio Joaquim Américo não tem nenhuma ligação com o clube. "Essas pessoas que estão fazendo a batucada são torcedores de uma escola de samba de Morretes. Não há qualquer vínculo com a gente", disse Holzmann, contrariando uma suposta informação de que a direção rubro-negra teria contratado pessoas em represália à Fanáticos.

"O clube volta a informar que a bateria da torcida Os Fanáticos está liberada no anel superior. Antes do jogo contra o São Paulo houve uma reunião entre as duas diretorias (do clube e da torcida), visando acabar com esse mal entendido. A gente se dispôs a ajudar em tudo o que foi possível, incluindo a captação do som da percussão em microfones, distribuindo a vibração para todo o estádio. Só que a Fanáticos não quis", disse Holzmann, que também é diretor de marketing do Clube dos 13.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…