18 ago 2004 - 23h39

Jogadores reclamam do pênalti marcado

No intervalo e no final do jogo, diversos jogadores atleticanos reclamaram quanto à marcação do pênalti para o Figueirense, aos 20 minutos de jogo. O primeiro a registrar sua raiva foi o atacante Dagoberto, também afirmando que o time estava nervoso na ansiedade de empatar. "Não sei o que aconteceu ali no lance do pênalti, se foi pênalti ou não, eu estava muito longe do lance", afirmou ele.

Já o zagueiro Rogério Corrêa, que participou do lance que originou a penalidade, disse que o Atlético sempre é prejudicado pelos árbitros. "Chega a ser engraçado, pois a nossa equipe sempre é prejudicada pela arbitragem. O lance foi com o Alan Bahia, disseram que ele tocou a mão na bola, mas ele não tinha porque levantar o braço, que estava junto ao corpo", assegurou o zagueiro atleticano. "Ele inventou esse pênalti, eu não sei o que aconteceu", disse Rogério, confuso com a marcação.

Diego também estava inconformado com a marcação do pênalti pelo assistente José Chaves Franco Filho. "Sinceramente eu não vi o que aconteceu. Mas na minha opinião não foi pênalti. O próprio árbitro não marcou, e sim o assistente, que chamou a responsabilidade para si. Quando não é o árbitro que prejudica a gente, é o assistente", esbravejou o arqueiro.

Mais reclamações

O lateral e zagueiro Marcão lembrou que as arbitragens vêm prejudicando o Atlético sistematicamente. "Não sei como que o bandeira marcou o pênalti. É difícil, é sempre contra a gente esse tipo de arbitragem", assinalou ele.

Bruno Lança também seguiu a linha de pensamento de Marcão. "Todos os árbitros estão falhando contra a gente, hoje foi o Simon", disse Bruno, lamentando a falha da arbitragem.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…