19 ago 2004 - 17h15

Alterações de Levir foram decisivas

As alterações do técnico Levir Culpi realizadas no segundo tempo do jogo desta quarta-feira contra o Figueirense foram decisivas para melhorar o rendimento do time e para a conquista do empate por 1 a 1. Com a derrota parcial por 1 a 0, o Furacão jogava bem, mas não tinha uma produção ofensiva tão intensa.

Aos 12 minutos do segundo tempo, Culpi fez duas mudanças ao mesmo tempo. Sacou o zagueiro Igor e o atacante Dennys e colocou em campo o lateral Raulen e o atacante Edvaldo. A saída de Igor implicou a mudança de quatro posições (lateral-direita, zaga central, cabeça-de-área e meia).

Raulen assumiu a lateral-direita em lugar de Fernandinho; Bruno Lança foi recuado para a zaga no lugar de Igor; William passou a jogar no lugar de Bruno e sua função passou a ser desempenhada por Fernandinho.

Com essas alterações, o Atlético se tornou mais ofensivo. O lance do gol foi prova disso. Fernandinho avançou pela direita e bateu cruzado. No rebote do goleiro, Raulen, que havia acabado de entrar, empatou o jogo.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…